segunda-feira, 4 de julho de 2011

QUERO PUBLICADO - Yume

Eu tinha pensado nesse novo espaço no blog The Burns há algum tempo, mas andava sem tempo de estreia-lo e quando a Kamile Girão me mandou Yume para ler, eu decidi que não existia livro melhor que este para estrear o QUERO PUBLICADO!




No QUERO PUBLICADO eu vou estar divulgando os livros de autores que têm seu trabalho pronto e estão na exaustaste luta para conseguir uma Editora para publicar seu sonho.

Como fiz com Yume, eu vou ler e resenhar o livro em questão, para compartilhar aqui minha opinião! *-*


NOTA – Yume JÁ TEM EDITORA, É A DRACAENA. – mas eu tinha pegado o livro pra ler antes dessa maravilhosa notícia, então, vamos dizer que por hoje essa coluna se chama QUERO PUBLICADO LOGO. ~hehehe~






Yume


que capa é essa? OMG!




“Lembre-se de que nem tudo é apenas “de verdade”. Há muito além daquilo que chamamos de “mundo real”.” pág.32



Yume é doce. É como eu vi o livro e suas passagens e seus personagens e seus momentos.




Nadia sempre esteve brincando bem no limite entre o mundo da sua imaginação e a realidade, acho que muitos artistas podem ser assim, mas a menina de Berlim é bem mais que uma pessoa com a imaginação fértil, por isso, é especial e, por isso, está sempre lutando para manter sua sanidade.


Se perder em seu próprio mundo inventado é o maior medo de Nadia e como a Kami é uma autora malvada, é bem isso que acontece.

Quer dizer... é isso que parece acontecer.
Como a Nadia e sua mãe estão com problemas financeiros, ela vende seus desenhos para conseguir um dinheirinho. E quando uma proposta dos sonhos acontece, valendo 1000 euros se ela conseguir desenhar exatamente a pessoa que está em seus sonhos.


Ela aceita, claro, afinal são 1000 euros!


Só que a vida de Nadia estava prestes a mudar.


Vários fatores fazem com que a menina tenha que vir morar no Brasil, em São Paulo, com seu primo Yooki, que é um cara TÃÃO LEGAL que eu acabei querendo ter um primo que nem ele também!

Eu comentei que a Nadia tem sonhado com um cara faz alguns meses? Então... Não é que esse cara sonha com ela também?


Aí conhecemos o lindolindolindo Adrien, o guitarrista da banda Reticências. Um cara que tem se sentindo “vazio” em sua vida. A faculdade, a banda e as muitas garotas já não têm mais graça e a única hora do dia em que ele se sente feliz é quando está sonhando com a menina de cabelos castanhos e olhos verdes.


O primo Yooki é professor de música e tem um amigo empresário que tem uma gravadora que está de olho na Reticências.


Daí tu pensa: OBA! AGORA QUE ADRIEN E NADIA VÃO SE ENCONTAR, SE RECONHECER E SER FELIZES PARA SEMPRE!


Que nada. Como disse, a Kami é malvada e eu acabei torcendo e vibrando – MESMO MESMO – em TODA página, esperando pelo encontro deles, que se vissem, que se olhassem, que percebessem que o amor da vida deles estava bem ali, pertinho...


O destino joga com eles O TEMPO TODO. Eles chegam TÃO PERTO de se verem, tão perto, tão perto que você fica roendo as unhas esperando pelo momento.


Sério, é uma tortura. Eu me senti torturada, pelo menos. Mas dá bem pra perceber que um é o destino do outro.




Reticências é uma história à parte e seu vocalista Arashi é adorável, meio que torci pra ele ter alguma coisa com a Nadia, de verdade.


Ele é todo tímido, engraçado,atencioso... ~suspiros~


E A IRMÃ DELE?




Alice. Alice se torna melhor amiga de Nadia que está a cada se acostumando com o país e aprendendo a língua e a cultura.
Alice é aquele tipo de amiga que NÃO CALA A BOCA, animada, viciada em tecnologia e em redes sociais, se veste como uma bonequinha, no estilo oriental.


Os personagens de Yume são tão queridos e reais. Parecem mais pessoas que personagens. Entende?


Mas Yume é bem mais que romance. Tem umas passagens aleatórias e misteriosas que te fazem perguntar:


QUEM É ESSE AÍ? O QUE ELE QUER COM A NADIA? POR QUE ESTÁ ATRÁS DELA?


Sem contar os encontros de Adrien com uma moça que você não sabe se acredita que está acontecendo ou se é alucinação do cara.


E têm tragédias em Yume também, momentos que me apertaram o coração e eu quis brigar com a Kami, a odiando por fazer os personagens sofrerem. Porém, são momentos necessários para o crescimento dos personagens como pessoa.


“— Está pronto para saber de toda a verdade, meu querido?”pág.196


Você passa o livro todo para isso, mas quando acontece, você não tem mais tanta certeza se quer realmente saber.


O final não é óbvio, é TORTURADOR e ALUCINANTE, me vi querendo entrar no livro para avisar aos personagens do que estava acontecendo, para ajudar, para socorrer, para... aah! Só para entrar e salvar o casal dos malvados.


A última parte de Yume é o momento onde a autora colocou sua imaginação para trabalhar e MUITO BEM. O mundo dos sonhos, dos próprios sonhos pode ser bem mais assustador que encantador e é isso mesmo que a Kami mostrou para Nadia e para gente.


OK, tem que ter alguma coisa que eu não tenha gostado do livro, certo?




Em Yume foi difícil achar essa “alguma coisa”, mas o que menos me agradou – não incomodou, nem fez com que a leitura fosse maçante, nem nada – é o fato de mudar de cena muito rápido e toda hora.


Num momento a gente tá na cabeça de Nadia, tentando entender seus sentimentos e seus sonhos, e puuum! Corta para Adrien que está fazendo alguma coisa, tipo tocar, tentando dormir ou pensando na menina dos seus sonhos.


É legal isso, de poder estar em todos os lugares ao mesmo tempo, de saber o que está acontecendo com todo mundo e como algum acontecimento mexeu com todos os personagens envolvidos, mas têm horas que você quer curtir mais a cena, não sei, você quer ficar mais um tempinho ali.




Mas isso ajudou também para o livro ficar mais dinâmico, mais agitado e no final, ficou ELETRIZANTE.


O que tenho para falar de Yume é que a autora Kami Girão escreve muito bem e que a leitura foi maravilhosa e me fez sorrir bastante, soltar uma ou duas gargalhas e me emocionar.


Yume é o tipo de livro que mexe com você, que te faz suspirar e se emocionar. Yume é, definitivamente, o livro dos seus sonhos.






“A história não vai acabar.”




E aí, o que acharam? Querem Yume publicado logo também?


Visitem o blog do livro: Livro Yume


E o twitter da autora: Kami Girão


5 comentários:

  1. Marcinha, sua LINDA!!! Eu nem tenho palavras para te agradecer todo esse apoio e o carinho por Yume! *--* Sério, tô emocionada aqui <3
    Obrigada por tudo, diva! Muuuuito obrigada mesmo <3

    ResponderExcluir
  2. nem tem o que agradecer! foi UMA HONRA ler Yume. amei. de verdade <3

    muuuito sucesso. sei que vai ter!!

    ResponderExcluir
  3. uia, deve ser show esse livro hein, na lista de futuras aquisições ^^

    ResponderExcluir
  4. capa lindona, historia legal
    eu quero

    ResponderExcluir
  5. To lendo e amandooooooooooooooooo

    Sucesso p Yume e Kami!!!!!!

    ;)

    bjs***

    ResponderExcluir